Funasa realiza visita a cooperativa Acamar, em Capão Bonito/SP

Funasa realiza visita a cooperativa Acamar, em Capão Bonito/SP

Parceria possibilitará que catadores aumentem sua renda em até 20% por meio da coleta seletiva e projetos de reciclagem

Por Coordenação de Comunicação

Superintendente da Funasa conversando sobre ações junto a Acamar

Foto: Lucca Decia/Funasa

Na última sexta-feira (18/2), a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), por meio da Superintendência Estadual da Funasa em São Paulo (Suest/SP), realizou uma visita à Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis (Acamar), em Capão Bonito/SP, que é parceira da Funasa no tratamento e destinação correta de resíduos sólidos na região. Na ocasião, o superintendente Estadual da Funasa, Ronaldo Camargo, foi acompanhado pelo presidente da Acamar, Cristiano Ferreira, e pode verificar as instalações da cooperativa, a produtividade e os trabalhos realizados.

Além do representante da Suest, também estiveram presentes na inspeção o presidente da Bacia do Alto Paranapanema, Sergio Guidio, o vice-prefeito e secretário de Saúde de Capão Bonito, Roberto Tamura, o professor da Universidade de São Paulo (USP), Caio Fontana, e técnicos da Funasa.

Durante a vistoria, os membros da fundação puderam verificaram o local de trabalho dos colaboradores da associação e debateram sobre um Termo de Fomento no valor de R$ 452,8 mil, que prevê a compra de uma prensa horizontal semiautomática, com capacidade de 10 T, e uma empilhadeira à combustão, com capacidade mínima de 2,5 T.

De acordo com Ronaldo, a instituição pretende potencializar as iniciativas da cooperativa por meio da liberação de recursos e fomento à educação em saúde ambiental, ajudando na conscientização da população e no aumento de resíduos coletados. “A Funasa, junto com a Acamar e a prefeitura, já está com um processo para aquisição de prensas, com o objetivo de aumentar a produtividade na parte final do tratamento de resíduos e melhorar as esteiras. Além disso, estamos estudando a logística para ajudá-los na educação ambiental e potencializar os projetos de aproveitamento de materiais recicláveis por meio de lojinhas, que eles implementaram na associação”, afirmou.

Com os novos equipamentos quase 80 cooperados serão atendidos, impactando toda a população da região de Capão Bonito, que é composta por cerca de 48 mil habitantes. A Acamar planeja, ainda, aumentar em 37% o volume coletado, triado e comercializado, gerando um aumento de até 20% na renda dos cooperados, possibilitando que o projeto alcance, de forma completa, o bem-estar de todos.

Segundo Cristiano, a fundação auxilia na implementação de novas iniciativas, contribuindo para o crescimento e bem-estar dos membros da associação.  “Hoje, com a superintendência estadual estando aqui, demonstra que a Funasa está mais próxima de nós, possibilitando recursos para investimento em projetos e equipamentos de boa qualidade para nossos catadores. Temos a ambição de fazer Capão Bonito ser a maior referência em resíduos e, com ajuda da Funasa, isso será possível”, disse.

O projeto com a Acamar já foi aprovado e está em processo final, aguardando a liberação do recurso para andamento do processo de licitação e compra do material.

Projetos da ACAMAR

A Acamar, atualmente, é a única cooperativa no Sudoeste a ter os catadores reconhecidos pelo poder público como prestadores de serviço público. Dentre os projetos desenvolvidos pela cooperativa, podem ser destacados as oficinas de artesanais com recicláveis e customização de roupas e objetos provenientes da coleta seletiva; premiação de moradores de forma mensal a fim de aumentar a coleta seletiva; Miss Catadora – projeto que busca valorizar a atuação das mulheres que contribuem para a cooperativa e para o meio ambiente – e o BazarEco – uma loja de conveniência com objetos oriundos da coleta seletiva que foram higienizados e customizados.

Por meio desses projetos e parcerias, o objetivo da instituição é implementar a coleta seletiva em todo o município com a inclusão dos catadores, preservando o meio ambiente e gerando oportunidades de emprego e renda.

Facebook
Twitter
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

Futura parceria com o CAPS

Hoje recebemos a terapeuta ocupacional do CAPS, @maaysa_ Acompanhada do assessor da Prefeitura de Capão Bonito, Paulo Bugni. Que vieram conhecer o espaço e as atividades realizadas

Serralheria e Marcenaria ACAMAR

A ACAMAR possui uma Serralheria e Marcenaria, onde todo RCC (resíduos sólidos da construção civil) recebem a destinação correta. Nosso cooperado senhor Henrique, recebe esse

Visita da Cooperasa de Sarapuí

Hoje recebemos a visita do presidente e pessoal da @cooperasa2022 – Cooperativa de Recicláveis de Sarapuí. Que aproveitaram conhecer mais da ACAMAR para somarmos experiência.

ACAMAR fazendo agrofloresta!

Na tarde de hoje nosso cooperado Paulo finalizou o plantio de 40 pés de bananeiras. Sistema implantado para plantio de alimentos de forma sustentável. Aqui